segunda-feira, 30 de julho de 2012

Feira de adoção dos animais de Dona Antônia


No dia 5 de agosto, o Vira-Lata (Grupo Voluntário pelo Direito dos Animais), em parceria com o Clube Foto Filatélico, realizará uma feira de adoção de animais nas dependências do Clube. A ocasião é especial, além de ser a primeira feira de adoção que o Vira-Lata realiza em Volta Redonda, os cãezinhos que serão doados são todos irmãos. Todos foram adotados pela Dona Antônia, moradora de Lídice, distrito de Rio Claro.

São quase 15 anos de sua vida dedicados ao cuidado com os animais. “Eu vi muita gente maltratando e matando cachorros abandonados, jogando no rio. Quando os bichinhos ficavam perto de restaurantes eles jogavam água fervendo, aquilo me incomodava muito”, conta Dona Antônia. Com uma renda de apenas 800 reais por mês, Dona Antônia já chegou a manter em sua casa mais de 150 animais. Ela faz isso por amor aos bichinhos, mas a obrigação de tomar providências para que os animais de rua sejam cuidados é do governo. O Decreto 24.645/34 diz, em seu artigo 1º: “Todos os animais existentes no país são tutelados pelo Estado”. Já foi solicitado juridicamente ao poder público de Rio Claro que se responsabilize pelos animais de Dona Antônia, mas nenhuma providência foi tomada.

O Vira-Lata já conseguiu doar 31 animais que ficavam em sua residência e também conseguiu doações para ajudá-la a mantê-los. A arrecadação de ração e fubá continua, para que eles continuem bem alimentados até agosto. Além disso, o Vira-Lata precisa de voluntários para banhos e cuidados com os animais, além de pessoas que ajudem a trazer esses cães de Lídice para Volta Redonda no dia 4 de agosto e os recebam para pernoitarem em suas casas. É importante que o local seja coberto, pois estará frio, e que seja seguro para evitar fugas.

Serão 30 filhotes e 30 animais adultos. “Os animais da D. Antônia farão imenso sucesso na Feira, pois a grande maioria é de porte pequeno. Nossa experiência de tantos anos mostra que esses são os mais procurados”, revela Liz Guimarães, voluntária do Vira-Lata. Os animais machos adultos já estão castrados. As fêmeas serão doadas com um vale castração , da Clínica Regno Animale. “Pela impossibilidade de fazermos as castrações na casa da D. Antônia, fizemos uma parceria com a Dra Bernadete, Drª. Lilian e Dr. Carlos Henrique e fechamos um pacote de castrações. Cada adotante terá a possibilidade de castrar seu animal em uma clínica particular e com exame de sangue no pré-operatório, garantindo que tudo correrá bem na cirurgia”, assegura Liz. Para a adoção é preciso ter mais de 18 anos e levar cópia do RG e comprovante de residência.

Todos os animais da D. Antônia que estão disponíveis para adoção podem ser vistos antecipadamente no site: www.vira-lata.net.


Matéria originalmente publicada no Jornal Volta Cultural de julho de 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário